Falta de planejamento escolar: quais suas consequências?
Junho | 2019

Por Angélica Weise

Falta de planejamento escolar pode atrapalhar o ensino dos alunos e de todos os envolvidos. Os professores precisam se sentir seguros neste ambiente, de modo que sintam que o seu ensino colabora no aprendizado dos alunos. Ele precisa encontrar ferramentas, trocas de diálogos neste local. Por isso, a direção e responsáveis devem elaborar ações que contemplem o planejamento escolar, até porque gerir uma escola não é uma tarefa simples.

A falta de planejamento escolar significa não ofertar aos envolvidos um cronograma das realizações que se constituem neste ambiente escolar. Quando professores não sabem quais diretrizes seguir, quando se sentem perdidos e sem alguém que possa os orientar, isso é falta de planejamento escolar. E não apenas isso. A falta de planejamento escolar afeta até mesmo os alunos. O planejamneto significa o quê, quando e como ensinar.  Ajustes sempre são necessários, por isso o diálogo é algo fundamental. 

O mundo está em pleno desenvolvimento tecnológico e isso gera uma série de oportunidades dentro do ambiente escolar. E mesmo assim, muitas escolas acabam ignorando a tecnologia, deixando de usufruir dos benefícios que ela pode trazer na rotina de toda escola e envolvidos.

Por meio da tecnologia e das inovações trazidas por ela, é possível criar novas experiências de aprendizado para os alunos, bem como tornar a vida dos professores e funcionários mais fácil. Certamente por isso toda a comunidade escolar deve estar aberta aos investimentos da educação, como também lutar por eles.

Erros que atrapalham o planejamento escolar

A seguir trazemos uma série de fatores que atrapalham o planejamento escolar, e consequentemente podem afetar o aprendizado dos alunos na sala de aula.

1. Ausência de incentivo e motivação junto à equipe escolar

Professores e demais colaboradores são cruciais para que uma escola opere com excelência. Mas, para isso, é preciso que eles sejam devidamente valorizados e motivados ao longo do ano. A rotina de trabalho de uma instituição educacional é cansativa e estressante, e pode ficar complicada caso os funcionários não se sintam incentivados.

2. Problemas não resolvidos

A falta de planejamento efetivo pode causar problemas. Ter uma visão e um plano para a implementação da integração da tecnologia educacional é fundamental para uma tecnologia educacional bem integrada. O planejamento estratégico para adoção de tecnologia requer habilidades visionárias de liderança educacional.

A fase de planejamento é de grande importância na integração de tecnologia. Por exemplo, pode garantir que o dinheiro seja gasto de forma mais eficiente, ajudar a alocar melhor os recursos e o tempo existentes ou facilitar a colaboração entre as partes interessadas.

3. Não alinhar o planejamento com as metas

As melhores práticas de liderança da escola construtiva incluem fazer com que as pessoas sintam que estão contribuindo positivamente para a escola e, ao mesmo tempo, aconselhando-as sobre como podem melhorar seu desempenho. 

Os gestores que se reúnem com professores e / ou alunos devem primeiro dizer-lhes o que estão fazendo certo. Eles devem ser capazes de dizer três coisas positivas sobre o desempenho de alguém antes de entrar em críticas construtivas. O objetivo é fazer com que as pessoas queiram melhorar.

4. Deixar a comunicação de lado

A formulação de uma visão é inadequada se não for bem comunicada. A declaração de visão de um diretor (ou superintendente ou diretoria da escola) deve ser comunicada a todos afetados pela visão, incluindo professores, alunos e pais. 

Isso significa atualizar professores, alunos e pais regularmente sobre o andamento da declaração de visão e os passos necessários para alcançá-la. Além disso, os gestores eficazes priorizam o retorno de e-mails, telefonemas e textos o mais rápido possível sobre a papelada e outras responsabilidades administrativas que não têm um prazo urgente.

5. Não se aperfeiçoar continuamente

Os professores e gestores precisam estar efetivamente participando de cursos e treinamentos. Isso melhora o seu desempenho e até mesmo trás ideias  junto a escola. O conhecimento adquirido deve ser compartilhado para que a escola consiga avançar e enfrentar as dificuldades.

6. Falta de diálogo entre gestores e professores

Seja verdadeiro sobre a realidade da escola. Estamos falando de sempre dizer aos professores, pais e residentes do distrito escolar a verdade sobre a escola. 

Se você precisar de mais dinheiro para alcançar sua visão, diga à comunidade as opções que você tem. Você pode precisar cortar parte do orçamento substancialmente ou aumentar os impostos. Se o desempenho do aluno regredir, seja franco sobre isso e busque uma solução. Se uma decisão anterior foi errada, admita seu erro. Grandes líderes assumem a responsabilidade por erros e más notícias.

Escola aberta a novas tecnologias

No dia a dia a escola pode contar com ajuda da tecnologia e melhorar a rotina de todos. Existem ferramentas que são grandes aliadas na hora de aprender, e até mesmo para elaborar uma prova. Que tal você professor usar uma ferramenta para elaborar provas? E mais, conseguir por meio dela fazer correção automática? Apresentamos o Prova Rápida!

Prova Rápida. É uma plataforma web para gestão, elaboração e correção de provas. São inúmeras as vantagens desta ferramenta. Primeiro, o tempo que você vai economizar. E mais, você elimina a chance de erro causada por correção humana. O que pode ocorrer principalmente quando o professor está diante de uma rotina cansativa e exausta.

Através do Prova Rápida, você terá acompanhamento dos resultados de um aluno. Você pode acessar de qualquer lugar. Além de ajudar na correção, essa ferramenta também permite a criação de um banco de questões. Não é mesmo o máximo?

E você professor? Encontra alguma dificuldade na escola em relação ao planejamento escolar? Deixe seu comentário!

Tags:
prova rápida
gestão escolar
professor